Os comitês do PCdoB no estado de São Paulo, emitiram nota nesta quarta-feira (19) para comunicar o falecimento do ex-vereador e ex-deputado estadual Benedito Cintra, um dos militantes mais importantes na história do partido na cidade. Cintra faleceu na noite desta terça-feira (18), aos 69 anos, vítima de um câncer de pulmão.

Militante comunista desde a década de 1970, Cintra era um talento precoce. Nascido na Brasilândia, na zona norte de São Paulo, foi mecânico da CMTC e servidor da Caixa Econômica Federal, além de estudante de Direito e História da USP. Desde cedo, engajou-se na luta contra a ditadura militar.

Tanto os comitês municipal e estadual paulista, destacam, além de seus feitos, que Cintra “foi grande combatente comunista”. Além disso, sua atuação parlamentar, “profundamente vinculada às causas comunitárias, estudantis e trabalhistas, estendeu-se por dez anos e virou referência de mandato comunista em todo o Brasil. Grande formulador, Cintra soube, como poucos, aliar as frentes social, institucional e de ideias.”, diz a nota assinada pelo comitê municipal da legenda, que pode ser conferida aqui.

Abaixo, a íntegra da mensagem publicada pelo comitê estadual de São Paulo.

Nota de pesar

É com profunda tristeza que soubemos do falecimento do nosso camarada Benedito Cintra no dia de ontem (18) após sete meses de luta contra o câncer.

Cintra, foi um comunista exemplar.

Ainda estudante secundarista, foi mecânico da antiga CMTC e após concluir o ensino médio, foi bancário. Estudou na Faculdade de Direito do Largo São Francisco e foi servidor público da Caixa Econômica Federal.

Líder comunitário na região da Brasilândia/Freguesia do Ó, com apenas 23 anos se candidata a vereador em 1976, obtendo uma votação extraordinária. Tendo ficado na primeira suplência, assumiu por duas vezes o mandato de vereador. Em 1979 assume de forma permanente, até ser eleito deputado estadual em 1982.

Foi dirigente do PCdoB, fundador da UNEGRO, diretor da escola de samba Unidos do Peruche e dirigente do sindicato dos bancários em São Paulo.

Lutou por toda vida ao lado das trabalhadoras e trabalhadores brasileiros.

Nossa solidariedade aos familiares, amigos e camaradas! Seguimos firmes, inspirados em seu legado e dando continuidade à luta por uma sociedade mais justa e humana, uma sociedade socialista!

Benedito Cintra, presente!
19 de outubro de 2022
Comitê Estadual do PCdoB SP

Para saber mais sobre a vida de Benedito Cintra, clique aqui.